Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Antonello sugere modernização dos laboratórios de informática

Publicado em 10/10/2017 às 14:36 - Atualizado em 10/10/2017 às 14:38

 

Para o vereador Ricardo Antonello (PR), atualizar programas e também os equipamentos de informática dos laboratórios das escolas da rede municipal de Joaçaba é uma necessidade. “Em um mundo conectado,  o domínio das novas tecnologias é essencial para a formação dos jovens, adolescentes e também das crianças, que representam o nosso futuro”. Justificou o vereador que apresentou uma Indicação na qual faz a sugestão para que a Secretaria de Educação modernize os laboratórios de informática das escolas da rede municipal de ensino.  

   Antonello também elogiou o programa Sinapse da Inovação Santa Catarina que foi lançado esta semana em Joaçaba na Unoesc e em Luzerna no Instituto Federal Catarinense (IFC). O programa, promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) com o apoio do Sebrae, busca transformar boas ideias em negócios de sucesso. Além de R$ 60 mil para cada empresa selecionada, também serão oferecidas bolsas de auxílio aos empreendedores: cada projeto poderá solicitar uma bolsa por 12 meses. Participantes com nível de graduação receberão valor mensal de R$ R$ 2,5 mil, e com mestrado, de R$ 3,5 mil. De acordo com a organização, o bolsista não pode ser o coordenador do projeto, possuir vínculo empregatício ou acumular outras bolsas durante o período. Os recursos são dados na modalidade subvenção econômica, ou seja, não é empréstimo e não será necessário devolver tendo a empresa sucesso ou não.

    O vereador fez também elogios ao programa “Joaçaba, eu curto, eu cuido”, lançado pela prefeitura. A campanha promove a parceria entre o município e a sociedade civil visando a adoção para manutenção ou implantação de bens públicos, como praças, parques, mobiliários, escadarias, pontes e passarelas, muros, academias ao ar livre, abrigos de passageiros de ônibus, papelarias e lixeiras, floreiras e vasos ornamentais nas praças e logradouros municipais. 

   Antonello ressalta que parcerias público privadas existem em várias outras cidades e que a cidade de São Paulo é uma referência. E que trata-se de uma opção para empresas e profissionais liberais investirem em marketing ajudando a cidade. “É um ganha-ganha.
Quem adota um espaço ou bem público ganha o direito de colocar uma placa (em tamanho padronizado) para fazer propaganda."

10-10-17


Galeria de Fotos

Parlamentares Relacionados